Conheça mais sobre a arara vermelha


A arara vermelha, nome científico Ara chloropterus, é um animal da fauna brasileira. Geralmente, essas aves são mais vistas em regiões de florestas altas, campos isolados e ou galerias.

E, por terem essa preferência de localização, é bem comum vê-las na região do Amazonas. No entanto, elas também gostam de ficar às margens dos rios costeiros do lado leste do país.

Por isso, também são avistadas nos estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro e interior do Paraná. Também são vistas no Panamá, Paraguai e Argentina. É uma bela ave, que possui características únicas, vejam algumas:

  • Altura cerca de 90 cm de comprimento;
  • Peso em torno de 1kg/ 1,5kg;
  • Plumagem vermelha com a região do nariz e bochecha brancos;
  • Os machos podem ter penas verdes até a cabeça, parte de trás;
  • Partes mediantes das asas é verde, as primárias azuis e as externas azuis escuro;
  • Costas, anca e rabo na região interna são azuis;
  • Rabo vermelho intenso e azuis nas pontas;
  • Bico curvo e forte, cinza claro e com bordas pretas;
  • Íris em amarelo-claro;
  • Pés cinzas escuros.

Nos filhotes o rabo é mais curto, possuem a íris marrom escura, parte inferior do bico mais clara e a plumagem não tem brilho, irão ter a plumagem dos adultos depois de 20 meses.

A época reprodutiva acontece de novembro a março e é nesse período, que costumam ser agressivos mesmo se forem em cativeiros.

Quando os ovos são colocados no ninho, feito em ocos de árvores ou buracos de paredes rochosas. A incubação dos ovos é feita pela fêmea e dura cerca de 30 dias.

A fêmea nesse período, vigia o ninho de possíveis ameaças, pois independentemente da forte defesa que possui, disputa território com as araras azuis, urubus e predadores.

Apesar das ameaças à sobrevivência do filhote, pode atingir a taxa os 90%. Sua alimentação é constituída por sementes, frutas, insetos, folhas e pequenos invertebrados

Uma curiosidade desse pássaro, é que eles costumam passar a vida inteira com a mesma companheira que alimentou durante o período de incubação.

Desafios a serem superados

O maior desafio que o país precisa enfrentar e superar, é zerar a lista de animais extintos no Brasil. Somente na Amazônia há cinquenta tipos animais, que fazem parte dessa lista, inclusive, a arara vermelha.

Essa causa é defendida por veterinário de aves, ONGs e ativistas, que luta para tirar animais da lista de extinção e manter o equilíbrio da fauna e flora.

As principais causas de extinção da arara vermelha e outros animais, são: tráfico de animais, desmatamento, queimadas, caça, poluição e construção de hidroelétricas.

O tráfico de animais contribui bastante para o aumento da lista de animais extintos, pois os traficantes conseguem movimentar montantes de dinheiro no transporte ilegal desses animais.

E em consequência dessa trajetória, que muitas araras vermelhas chegam entre a vida e a morte no veterinário especialista arara vermelha. No entanto, isso não se restringe somente as araras, mas todos os animais da lista.

Para denunciar essa atividade ilícita, pode ser de forma anônima, você pode ligar na “linha verde” do IBAMA (0800 – 618080) e falar a respeito da suspeita, pedindo auxílio e/ ou medidas efetivas.

Ou no caso de achar um animal silvestre fora de seu habitat natural; se presenciar algum tipo de tráfico, anote o maior de informações possíveis para passar aos responsáveis legais.

Denuncie pessoas, que não tem autorização de criar esses animais silvestres, às autoridades competentes. Essas pequenas medidas, contribuem para que menos araras vermelhas e outros animais parem em hospital veterinário.

Ajuda especializada aos pets

Com uma demanda grande de pessoas adotando pets exóticos (animais silvestres), cresce a procura de tratamentos e profissionais que atuam nesse ramo.

Quando for necessário, para animais não-convencionais de todos os tipos como os invertebrados, anfíbios, répteis, aves e mamíferos.

Um fator que deve ser levando em consideração, ao levar seu animal de estimação em um veterinário especialista em animais silvestres, é que esse profissional irá auxiliar o tratamento mais adequado para seu bicho de estimação.

Resultando em um tratamento eficaz. Eles sempre irão visar o bem-estar do animal. No dia a dia de uma clínica especializada em animais não-convencionais, é possível ver o desenvolver de várias técnicas.

Para aumentar o conhecimento do profissional e as principais patologias como, por exemplo, a síndrome de arrancamento de penas ou sarnas.

É possível, também, conseguir uma consulta veterinária para arara vermelha para averiguar seu comportamento e saúde.