Descobrindo a raça de cachorro ideal para você


Nada melhor que ter um cãozinho de estimação. Eles proporcionam companhia, amor, afeto. São como verdadeiros filhos de quatro patas.

Todo esse benefício está, claramente, sendo entendido pelas pessoas que, cada vez mais, optam por ter um cachorro em casa.

Talvez você tenha pensado nisso também. Em como sua vida melhoraria com um animal para fazer companhia e interagir.

Caso você realmente tenha o intuito de adotar ou comprar um cachorro, é necessário ficar atento com relação a raça que deverá escolher.

É uma decisão importante e você deve ter em mente que é preciso escolher aquela raça canina que mais é adequada para você, seu entorno e seus objetivos.

Por isso separamos aqui, algumas dicas para ajudá-lo a escolher, da melhor forma possível, a raça ideal para seu estilo de vida.

Qual escolher?

Para fazer uma boa escolha em relação a quais cães podem se adequar em sua vida, é necessário que se considere fatores essenciais de quem você é e como sua vida se estabelece.

É preciso colocar em questão as principais características da sua personalidade e como sua rotina flui, para que se escolha o cão que se assemelhe nesses traços.

Se você é alguém muito ativo, que tem um apreço por praticar exercícios físicos, esportes e se movimentar durante o dia, possivelmente um cão quieto e introspectivo não será de seu agrado, afinal é provável que ele fique o dia todo deitado em seus pés.

No outro lado do espectro, um cão muito ativo, brincalhão e com muita energia disponível para gastar pode ser seu grande companheiro.

Ele o acompanhará em atividades físicas diárias e se movimentará juntamente à ti, sendo o melhor companheiro para a prática de exercícios.

Outro aspecto importante a ser analisado é o tempo que terá disponível para ficar com ele e o espaço que a residência possui, característica que pode direcionar o porte do animal.

Vamos então, separar os tipos de cachorros de raça em alguns grupos, para facilitar a identificação do estilo do cão e para que se torne mais fácil escolher o mais adequado para você.

São os grupos:

  • Utilitários e de companhia;

  • Brincalhões;

  • Caça e tiro;

  • Sem raça definida.

Utilitários e de companhia

O título já denuncia o que são. Eles tem  personalidade bastante característica e adoram poder desempenhar um serviço específico e isso tem a ver com suas remotas origens.

Como exemplo temos o Lhasa Apso, que inicialmente foi criado com a intenção de protegerem os mosteiros tibetanos.

Além deles, podemos citar os Dálmatas, que acompanhavam carruagens puxadas por cavalos com a intenção de protegê-las.

Esses cães, além do senso de utilidade que tem, são ótimos para companhia, muito fiéis e muito carinhosos.

Brincalhões

Um cão como esse, mesmo depois de filhote, ainda se mantém com a personalidade forte e muito brincalhona. Esse grupo tende a ser formado em maioria por cães de pequeno porte. São exemplos os Yorkshires e Lulus da Polmerânia.

Assim, eles são perfeitos filhotes de cachorro para quem está em busca de cães com muita energia e que adoram qualquer diversão e brincadeira.

Caça e tiro

São do tipo ativo e bem-humorado. Os cães pertencentes desse grupo adoram exercícios físicos como correr e nadar, além de seu viés inicial que é a caça. As raças são os Labradores, Retrievers, Setters, dentre outros.

Sem raça definida

Muito amor envolvido! Esses cãezinhos são aqueles comumente chamados de vira-latas por não terem, especificadamente, uma raça claramente definida.

São muito fiéis e inteligentes e têm uma resistência corporal gigantesca, imune a muitos tipos de doenças.

Você pode optar em adotar um filhote de cachorro sem raça definida ou mesmo um cão já na fase adulta.

Existem diversas ONG’s especializadas no resgate de caes abandonados que possuem a disposição uma diversidade de cães para adoção.

É a garantia de muito amor para seu lar e além disso você estará dando a oportunidade para que esse animalzinho tenha uma família e possa oferecer seu amor e companhia.

Na hora de buscar um cão para fazer parte de sua família, analise bem os fatores importantes como o espaço que você terá para ele, o orçamento mensal que os cuidados com ele exigirá, como também seu tipo de estilo de vida.

Tudo isso é primordial para que se possa escolher aquele companheiro que estará a seu lado durante toda a vida, pronto para oferecer carinho e amor.