Como realizar o transporte de um cachorro em avião?


Quando adotamos alguns animais, queremos sempre sua companhia, seja para onde for, principalmente quando pretendemos viajar e conhecer novos lugares. Mas para que isso aconteça, há algumas burocracias.

Supondo, é necessário ter uma caixa transporte cachorro tamanhos relacionados à medida de seus bichanos, documentações e ele deve estar com diversas vacinas e medicações que forem necessárias em dia.

Quando falamos em burocracias de viagem, estamos querendo dizer de viagens que são feitas em ônibus e aviões, ou seja, transportes públicos que contém diversas pessoas ao mesmo tempo em um local somente.

Principalmente nas viagens de avião, as documentações devem estar totalmente em dia e a caixa para transporte de cachorro em avião deve ter os tamanhos exatos, assim como solicitado anteriormente.

E para que você saiba mais sobre como deve fazer e o que é necessário para carregar seu pet, acompanhe este artigo, pois iremos elucidar suas dúvidas e falar sobre todo esse trâmite entre avião e animais.

Transporte no avião

Para que seja possível falar sobre caixa transporte cachorro avião, iremos falar sobre alguns tipos de requisitos que as empresas possuem.

Claro que de empresa para empresa, diversos tipos de regras irão mudar, mas há alguns tipos de etapas que todas têm.

Primeiramente iremos falar sobre alguns casos que podem ocorrer ocasionalmente, como em alguns países não ser possível a entrada do animal sem um tipo de quarentena, para que seja provado que ele não tenha nada de perigoso.

Mas há outros que aceitam os bichanos com chip de identificação, atestados veterinários e carteira de vacinação.

Os documentos em si são realmente obrigatórios e antes de embarcar saiba com quais condições o país aceitará. Além disso, pesquise sobre sua companhia aérea sobre raças de focinho curto, pois eles possuem problemas respiratórios e o voo pode prejudicar isso.

Enfim, cada local, cada companhia e país necessitam de pesquisas prévias, para que não ocorra nenhuma confusão no momento de sua viagem. Alguns outros cachorros até 10kgs podem acompanhar o dono na cabine em companhias aéreas e outros não, basta se informar.

Métodos de transporte

Para que seja possível essa viagem, independentemente se será ao seu lado ou no bagageiro, os animais necessitam de uma caixa de transporte para cachorro grande, médio e pequeno, dependendo da raça que possui.

E, para que você saiba qual a melhor opção e como medir seu bichano, iremos colocar uma tabela.

  • Yorkshire – 46x26x20
  • Maltês – 55x35x30
  • Poodle Toy, beagle – 61x41x36
  • Coker, Bull Terrier – 66x45x43
  • Partos alemão – 87x57x59
  • Rottweiller, Collie, Labrador – 94x64x61

E para que ela seja seguida corretamente, basta medir seu bichano da cabeça ao rabo, do tronco aos pés, sempre pensando em um espaçamento 2cm maior do que o resultado. Isso porque ele precisará se locomover no interior.

Algumas outras dicas para que você possa comprar a melhor casinha para transportar cachorro grande, médio ou pequenos são:

  • Prezar pelo conforto do animal
  • Saber que ele deve ficar de pé na caixa
  • Ele precisa girar 360 graus no compartimento
  • Não pode ficar apertado
  • Deve ter aberturas de ar
  • Projeto de segurança
  • Tapete higiênico

Com todos os documentos e a casinha perfeita para seu animal, será totalmente possível leva-lo em todos os lugares, principalmente pelo ar. Mas lembre-se de tomar todas essas precauções bem antes do dia da viagem.

Documentos necessários

Como já falamos brevemente, há alguns tipos de documentações e papeladas para que seu cachorro por ir com você. Mas isso não se difere de nós que precisamos de passaportes, RG e afins.

Para que eles possam entrar na caixa de transporte para cachorro e serem levados ao avião, eles deverão ter um comprovante de vacinação contra raiva, que é uma grave doença que compromete todos os animais em volta.

Além disso, o certificado de inspeção veterinário, ou mais conhecido como atestado de saúde deve estar juntamente com a carteira de vacinas. O atestado deve ser feito até dez dias antes do embarque.

E por fim, mas não menos importante, deverá ter o certificado de aclimatação, que é um documento que prova que o cachorro pode ser exposto a temperaturas extremas, sem que sua saúde seja prejudicada. Não é obrigatório, mas é sempre bom levar.

Enfim, foram essas as dicas de como realizar o transporte de um cachorro em um meio de transporte tão burocrático, que é o avião. Anote e aproveite.