Você sabe o que é um cachorrodromo?


Cães têm uma natureza muito social. Por conta disso, sempre que os donos os levam aos lugares para passear, é comum que eles socializem com outros cães, corram e brinquem.

Isso é algo positivo, pois estar feliz e entretido é importante para a saúde dos amigos de quatro patas.

De olho nessa necessidade, cada vez mais lugares têm investido em instalações próprias para animais de estimação.

Afinal,  o dono fica mais tranquilo, e ele pode ir ao parque ou se hospedar em uma pousada sem nenhuma preocupação com o seu pet.

No fim das contas, o estabelecimento sai ganhando.

Uma das opções mais interessantes para tornar um local mais agradável para pets e donos é construir um cercado para cães, também conhecido como cachorródromo.

Aprenda mais a respeito dessas soluções mais abaixo.

O que é um cachorródromo?

Um cachorródromo nada mais é do que uma área cercada onde os donos podem deixar seus animais correrem, brincarem e socializarem com outros bichos.

Por mais que as instalações para cães sejam as mais comuns, não há limites quanto à espécie, pois é possível construir um cercado para pet que abrigue diferentes bichos.

Quais as vantagens de um cachorródromo?

Por mais simples que uma instalação do tipo seja – afinal, basta escolher a área, cercá-la e permitir que os animais fiquem ali – ela traz inúmeras vantagens, tanto para os donos quanto para os pets.

Em primeiro lugar, este ambiente é ideal para que os cães possam socializar. Isso, por sua vez, é fundamental.

Assim como nós, humanos, temos muito a aprender com os mais velhos e, os pets também têm. É uma experiência muito importante para eles.

Porém, não são apenas os seres de quatro patas que se divertem ao visitar um parque para caes.

Não é incomum que os donos também façam amizade. Afinal, todos ficam juntos, supervisionando seus pets, e não é incomum que as pessoas puxem papo umas com as outras.

Da mesma maneira, construir um cercado do tipo traz inúmeras vantagens para os locais que os abrigam.

Por exemplo: pousadas que aceitam cães podem se diferenciar por oferecer um local onde os animais possam ficar seguros e entretidos.

O mesmo se aplica aos parques públicos de diversões e muitos outros lugares.

Onde o cachorródromo pode ser instalado?

Quem procura informações sobre como fazer um cercado para cachorro pode se surpreender.

Trata-se de um trabalho muito simples de se fazer.

Alguns dos procedimentos necessários são:

  • Estabelecer qual será o espaço dedicado aos cães;

  • De qual material será feita a cerca;

  • Onde serão colocadas as placas informativas;

  • O local dos portões.

Entretanto, o ideal é que o estabelecimento passe algum tempo definindo as regras de convivência para o espaço.

Veja mais a respeito disso a seguir.

Quais são os cuidados necessários com ele?

Apesar de os benefícios de se contar com um cachorródromo serem inegáveis, isso não significa que esta instalação não precise de alguns cuidados.

É importante adotar algumas medidas para assegurar a convivência harmônica entre todos os frequentadores, sejam eles humanos ou caninos.

Em primeiro lugar, é fundamental que haja regras bem específicas a respeito do uso do espaço, e que elas possam ser consultadas pelos donos no próprio local, com um mural, por exemplo.

As normas podem abordar assuntos, tais como:

  • Tempo de estadia no local;

  • Especificações a respeito de vacinas e castrações;

  • Quais raças podem frequentar o local;

  • Se há a necessidade de uma focinheira.

Caso o espaço permita que animais dos mais diferentes portes e raças possam conviver ali, é interessante tomar um cuidado especial com os mais frágeis.

Contar com cercados para cachorros pequenos ou para filhotes é uma boa opção, pois eles estarão sempre com os seus pares, e, consequentemente, mais seguros.

Outro assunto que costuma gerar tensão entre os usuários dos cachorródromos é a questão das fezes: muitas vezes, os cães fazem suas necessidades no local e os donos não as recolhem.

Consequentemente, o ambiente fica sujo em pouco tempo, principalmente em períodos mais movimentados. Assim, é importante deixar claro que os proprietários dos animais precisam se responsabilizar pela limpeza.

Por fim, é interessante que haja uma pessoa que monitore o que se passa no local. Deste modo, quem desrespeitar as regras pode ter a atenção chamada de imediato.