Animais de estimação precisam de cuidados pontuais


O mercado de animais de estimação tem crescendo exponencialmente, com diversos empreendimentos comerciais oferecendo vários produtos, desenvolvidos especialmente para todo o tipo de animal de estimação.

Além dos cachorros e gatos, animais mais comuns no dia a dia das pessoas, é possível encontrar iguanas, tartarugas, cobras, pássaros, entre outros, que são tratados com todo carinho e atenção por seus respectivos proprietários.

Hospital veterinário para animais

Por essa quantidade de animais de estimação, é preciso que equipamentos de emergência para animais sejam criados, e ofereçam atendimento médico veterinário, com estrutura suficiente para realizar exames, cirurgias e até mesmo internação, quando as necessidades se apresentam.

Como o investimento nesse tipo de equipamento é alto, muitas vezes, as organizações civis em prol e defesa dos animais precisam de apoio da própria população, e de órgãos governamentais Para poder oferecer atendimento de emergencia animal gratuita, pois muitas vezes são animais resgatados, que estão em situação de rua e na maioria das vezes não possuem um lar para pode ser recolhido.

Aqueles que possuem um tutor, contam com os diversos hospitais veterinários, que oferecem atendimento vinte e quatro horas, mas têm um custo elevado, e por isso mesmo, oferecem todo o tipo de cuidado para que a emergência animal seja tratada com a máxima urgência, colocando todos os equipamentos e profissionais à disposição de todo e qualquer animalzinho.

Na maioria das vezes, as situações emergenciais acontecem quando há:

  • Intoxicação alimentar ou por veneno;
  • Ingestão de objetos alheios;
  • Alteração de temperatura corporal;
  • Acidentes domésticos ou atropelamentos.

Muitas vezes, crianças ficam brincando com o animal, e podem oferecer ao bichinho, inocentemente, o que elas estão comendo. Todavia, como muitos sabem, o chocolate tem um efeito nocivo aos animais, principalmente para cães e gatos.

Brinquedos pequenos também podem causar um acidente doméstico, como a ingestão acidental de bolinhas e outros objetos.

Para aqueles que passeiam com os cães, é preciso verificar a temperatura ambiente, pois muitos sofrem em dias muito quentes e precisam de bastante água para se hidratar.

Os exames laboratoriais e a consulta com um médico veterinário são essenciais para manter a saúde dos animais e, por isso, algumas observações devem ser tomadas, quando chega o dia da visita a esses locais.

Locais especializados em atendimento de emergencia cachorro reconhecem algumas características específicas, que podem depender da raça e do porte do animal.

Por isso, é preciso estar com a carteira de vacinação do animal em mãos para identificar doenças características de cada um e que podem ser cruciais para o bem-estar do animal.

Especialidades na consulta ao veterinário

Muitas doenças de caráter animal precisam de exames específicos, que devem ser realizados por uma clínica médica veterinária. Com isso, é possível identificar diferentes parasitas e ministrar doses de remédios para evitar que seja transmitido ao ser humano, como a raiva.

Por isso, os animais devem estar em dia com as vacinações obrigatórias, realizadas anualmente em campanhas promovidas pelo governo federal em conjunto com os governos estaduais e municipais.

Um bom exemplo de doença que é transmitida para o ser humano é a toxoplasmose. É de vital importância realizar o exame para toxoplasmose em gatos, principalmente quando há a presença de mulheres grávidas, que sofrem consequências sérias, tanto para a mãe quanto para o bebê.

Mas esse tipo de transmissão só ocorre se houver o contato do animal com o protozoário, que está presente em roedores e pássaros. Ainda assim, é preciso tomar todos os cuidados necessários, como higienização dos espaços em que o gato doméstico vive e evitar que ele ande pela rua.

Caso apareça qualquer sintoma no animal, como apatia, falta de apetite, febre e diarreia, é preciso realizar uma bateria de exames.

Um especialista urologista veterinário também poderá identificar outros sintomas, por meio de equipamentos médicos veterinários, se há qualquer outra doença afligindo o animal de estimação.

Se for observada qualquer alteração, serão prescritos os remédios necessários. É preciso manter um período de observação até a melhora do animal para que, posteriormente, ele possa retornar para o lar.

É importante destacar que os animais não são brinquedos. Eles são companheiros e devem ser tratados como tais.

Os cuidados do dia a dia devem ser de responsabilidade dos tutores, assim como a visita ao médico veterinário para acompanhar o desenvolvimento do animal conforme o passar dos anos.